WEBMAIL | ÁREA RESTRITA
CSS based drop-down menu
 
 
Câmara presta homenagens em comemoração ao centenário da Missão Salesiana em Três Lagoas
 
Solenidade foi proposta pelo vereador Cassiano Maia


>>10/05/2024

Câmara presta homenagens em comemoração ao centenário da Missão Salesiana em Três Lagoas

A Câmara Municipal de Três Lagoas, por iniciativa do presidente, vereador Dr Cassiano Maia, realizou, na noite desta sexta-feira (10), sessão solene em comemoração aos cem anos da Missão Salesiana, em Três Lagoas, com a entrega de Moção de Congratulação pelos serviços prestados ao município e também com entrega do Título de Cidadão Três-Lagoense ao mestre Armando Catrana, integrante da missão, por sua atuação no Centro Juvenil Jesus Adolescente.

A mesa de honra contou com a presença do vice-presidente da Missão Salesiana de Mato Grosso, Ademir Lima de Oliveira, do diretor da comunidade salesiana local, padre Silvio Roberto, da secretária municipal de Assistência Social, Daiane Caroline Queiroz Ramos Mateus, da ex-secretária de Assistência, Vera Helena, e do coordenador e maestro da Banda Marcial Cristo Redentor, Luiz Carlos Relíquias. A banda fez a apresentação cultural e executou o Hino Nacional do Brasil, na abertura da solenidade.

Após receber o Título de Cidadão, o mestre Armando Catrana falou sobre o trabalho da missão e todo empenho e dedicação em servir. “É natural da vivencia canônica e carismática ter empenho preferencial pela juventude mais pobre e em situação de risco. Podemos nos lembrar de dezenas de ex-alunos que não conseguiram reverter seu futuro, vitimas da sociedade corrupta e corruptora, mas também podemos recordar as centenas que venceram e que são honestos cidadãos e bons cristãos. Isso é um estímulo para atuar em prol dos que precisam de carinho e atenção”, afirmou.

O diretor da comunidade salesiana em Três Lagoas, padre Sílvio Roberto, também contou um pouco da história da presença salesiana no município e destacou tanto o legado recebido, quando o que será deixado para futuras gerações, seja na educação, evangelização, assistência social e qualificação de mão de obra.

Daiane Caroline Ramos Mateus, secretária municipal de Assistência Social, falou sobre os convênios e parceria que a prefeitura mantém com a missão, sobretudo no Centro Juvenil, destacando a confiança que as famílias têm no trabalho e o complemento que a instituição promove na rede de proteção a pessoas em vulnerabilidade social. Ainda se disse alegre porque a homenagem ao mestre Armando está sendo prestada em vida. “Ele marcou vidas e ajudou a transformar a realidade de muitas pessoas”, disse.

Ademir Lima de Oliveira, vice-presidente da Missão Salesiana no Mato Grosso, o qual recebeu a moção em nome da missão, falou sobre a homenagem e o “reconhecimento que traz o peso de tantos salesianos que se dedicaram à educação e à promoção humana dos jovens”.

Já a ex-secretária de Assistência Social, Vera Helena, parabenizou o vereador Cassiano Maia e reforçou a importância da missão nos programas de convivência e fortalecimento de vínculos. “As parcerias dividem a responsabilidade. Podemos nos lembrar de tantas ações, festividades, relato das famílias. Hoje, falar da missão se confunde com o mestre Armando e sua história de vida, trabalho, transformações e responsabilidade”.

O presidente da Câmara, Cassiano Maia, relembrou que sua infância e adolescência tiveram a presença da missão, seja na vizinhança da sua família, na escola Patronato ou nos jogos de futebol no campo do centro catequético. Em sua visão, a missão caminhou de mãos dadas com o crescimento e desenvolvimento do município, sempre em apoio a crianças, adolescentes e jovens. “O mais importante é cuidar de pessoas, principalmente jovens que são a matéria-prima mais importante que existe, pois serão os futuros homens que vão cuidar da nossa sociedade”, frisou.

Sobre a Missão Salesiana

Em 1924, os salesianos chegaram em Três Lagoas, completando 100 anos de presença no município. Ao chegar, lhes foi confiada a Paróquia de Santo Antônio, cuja sede era a primitiva igrejinha dedicada a Santo Antônio. A Paróquia de Santo Antônio foi criada em 12 de Novembro de 1913 e confiada aos Salesianos em 1924. A Diocese de Três Lagoas foi criada em 3 de janeiro de 1978. A posse do 1º bispo Dom Geraldo Magela Reis foi no dia 23 de junho de 1978.

Em 1926 chegou o P. Agostinho Colli a quem foi confiada também a paróquia de Sant´Ana de Paranaíba. Nesse tempo P. Bernardo Chicco era coadjutor ou vigário de Sant’Ana do Paranaíba.

Em 1936 o Pe. Vitório Lovato adquiriu a maior parte dos terrenos que os Salesianos possuem em Três Lagoas.

Já em 1933 florescia o “Externato São João Bosco”. As irmãs FMA abriram o Instituto Maria Auxiliadora para as meninas, depois fechado.

Em 1949 chegou para ser pároco o P. João Thomes que ficou até o ano de 1967.

A casa paroquial é de 1950. Em 1959 dá-se início aos alicerces da nova matriz.

O Hospital, desde o tempo do administrador apostólico, Pe. Pedro Massa foi administrado pelas Filhas de Maria Auxiliadora e sempre foi ligado à atividade paroquial.

Houve algumas vocações da cidade que chegaram a ser salesianos. Atualmente há também vocações do Centro Juvenil.

Em 2003, sendo pároco P. Sanchez, é terminada a reforma interna da Catedral.

Em 17 de abril de 2003, na Vila Piloto, houve a bênção da primeira pedra do Oratório Centro Juvenil “Jesus Adolescente”. Começou como Oratório no ano 2002, na capela Nossa Senhora de Fátima, até 2004. Em 2005 começaram os cursos profissionalizantes.

Em 2008 a Inspetoria retoma o prédio do antigo Patronato Bom Jesus para a implantação do Colégio Salesiano Dom Bosco de Três Lagoas. Após funcionar em duas unidades (nas instalações da Escola e no Centro Catequético da Paróquia) hoje a Escola dispõe de um novo prédio que somando ao antigo realiza suas atividades educativas numa só área.

Em 2012 a Missão salesiana devolve ao Bispo a Igreja Catedral. Foi um pedido do Bispo diocesano. Houve alguns problemas na devolução. Com a entrega a comunidade se mudou para a nova residência na Vila Piloto, sendo a antiga residência também entregue à diocese.

Em 03.02.2018 a Inspetoria recebeu da Diocese a Paróquia São Francisco de Assis situada na periferia de Três lagoas com quatro capelas e algumas comunidades ainda em implantação.

Atualmente com a demarcação da quadra onde se situada a antiga residência e o Centro catequético a Inspetoria repassou para a Diocese parte do terreno (onde estão os imóveis acima citados) ficando a outra parte como propriedade da Missão Salesiana.

Sobre o mestre Armando Catrana

Nascido em Perúgia, na Itália, no dia nove de agosto de 1938, filho de Alessandro Catrana e Aurelia Tortoioli, numa família amorosa, unida e muito católica. Iniciou os seus estudos logo depois da II Guerra Mundial, onde conheceu o Oratório Salesiano, o qual passou a frequentar diariamente, por ser um ambiente familiar e acolhedor. Na sua adolescência, dedicou-se ao estudo, trabalho e ao esporte, chegando a ser membro da Ação Católica e animador do Oratório. Anos depois, tornou-se presidente, treinador e atleta, realizando as primeiras olimpíadas no Oratório Salesiano. Em 1960, entra para a Aeronáutica onde recebe o prêmio de melhor professor de educação física.

No dia 15 de agosto de 1962, entrou para Congregação Salesiana, pois mesmo com sua vida profissional estabilizada como bancário, e também como atleta, sentiu em seu coração um forte desejo de se dedicar à educação dos jovens, principalmente os mais pobres e vulneráveis. Emitiu os votos temporários na Congregação Salesiana em 16 de Agosto de 1963. Trabalhou em vários Oratórios Salesianos na Itália

Em maio de 1968 foi chamado para viver uma nova experiência no Brasil, na “Operação Mato Grosso” especificamente em Poxoréu-MT, e posteriormente trabalhou nas cidades de Guiratinga, Barra do Garças, Corumbá e Campo Grande.

Em abril de 2002 conheceu a cidade de Três Lagoas-MS, onde poderia concretizar um trabalho social e educativo junto à comunidade carente. Nesses sessenta anos de trabalho religioso, se dedicou em tempo integral ao atendimento ao próximo, seja com seu carinho, conhecimento ou uma conversa que sempre termina com sua risada contagiante e que alegra a todos os que estão a sua volta. Mestre Armando é um modelo a ser admirado e seguido de dedicação, trabalho e o mais importante: um espelho de esperança às crianças, adolescentes e jovens desta e de outras gerações.



 
10/06/2024 22:08
07/06/2024 11:52
06/06/2024 21:48
05/06/2024 22:37
04/06/2024 11:26