WEBMAIL | ÁREA RESTRITA
CSS based drop-down menu
 
 
Realino solicita sinalização de torres para segurança naval
 
Realino defendeu suas indicações, na tribuna


>>13/03/2019

Na sessão desta semana, o vereador Realino apresentou indicação à empresa CTG Brasil, com cópia ao capitão Daniel Gomes Padilha, comandante da Marina de Barra Bonita-Tietê/Paraná, responsável pela represa Jupiá, solicitando que estudem a possibilidade de implantar faixas refletivas e luminária de sinalização nas torres de alta tensão que se localizam dentro da represa do Jupiá. “O fluxo naval é grande e há riscos de acidentes, principalmente no período noturno”, explicou.

Para o secretário municipal de Infraestrutura, Trânsito e Transporte, com cópia ao prefeito Ângelo Guerreiro, o vereador solicitou que estudem a possibilidade de desobstruir as placas de sinalização da rua João Silva, no bairro Lapa. Ele sugeriu a poda de árvores para dar mais visibilidade e, consequentemente, reduzir o número de acidentes que tem ocorrido no local.

À secretária municipal de Educação e Cultura, Heliety Alves Antiqueira, Realino sugeriu a construção de uma passarela, ligando a escola municipal Eufrosina Pinto à sua quadra poliesportiva. Para a mesma unidade escolar, pediu que seja feito o revestimento do refeitório.

Sobre a implantação da guarda municipal, solicitada pelo vereador Renée Venâncio, ele disse que acredita que já é realmente necessária, pois, apesar de haver mais gastos, será a forma de melhorar a segurança na cidade. “Acredito que o prefeito vai ver isso com carinho”.

Sobre as 22 denúncias encaminhadas pelo Ministério Público, Realino defendeu que a Câmara nunca se furtou de investigar. Ele ainda explicou que as investigações, com as mudanças recentemente implantadas pela Câmara, vão ser conduzidas por vereadores apontados pelos blocos partidários, com mais transparência, estrutura jurídica e isenção. No entanto, disse que será necessário muito rigor e que as apurações sejam feitas dentro da lei, com provas para abrir outros procedimentos ou para arquivar, no caso de haver só indícios.

Sessão
Durante a sessão desta terça-feira, tramitaram seis projetos de lei, dos quais foi aprovado o PL nº 48, de 07 de junho de 2018, o qual "dispõe sobre a determinação de prioridade de atendimento, para pessoas que realizam tratamento de quimioterapia, radioterapia, hemodiálise ou utilizem bolsas de colostomia, no município de Três Lagoas". Outros cinco foram encaminhados por Bittencourt para parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final.

Na mesma sessão, os vereadores, por meio de bancadas partidárias e lideranças e atendendo à Resolução 01/2019, aprovada em fevereiro, criaram 22 comissões de investigação (CI) para apurar denúncias protocoladas no Ministério Público e encaminhadas por este órgão para os vereadores executarem seu poder/dever de fiscalização.



 
15/05/2019 11:32
14/05/2019 13:00
14/05/2019 08:37
10/05/2019 22:00
11/05/2019 11:45