WEBMAIL | ÁREA RESTRITA
CSS based drop-down menu
 
 
Vereadores ressaltam importância de medidas contra o Coronavírus
 


>>17/03/2020

 

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Três Lagoas, realizada na manhã desta terça-feira (17) ocorreu com a porta do Plenário fechada ao público. Por meio da portaria 62/2020, a medida foi adotada como prevenção ao Coronavírus.
A pauta da sessão, que tem transmissão ao vivo, pelo site www.cmtls.ms.gov.br e pelo Youtube, através do Cidadania Canal, inclui apenas dois projetos, encaminahdos para a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça). Trata- se do Veto Integral ao autógrafo da lei 3.639, de 11 de fevereiro de 2020, que institui o selo consciência coletiva, sobre as políticas públicas de incentivo ao desuso de canudos e copos plásticos descartáveis no município; e o Veto Integral ao autógrafo da lei 3.637, de 11 de fevereiro de 2020, que cria o programa “cachorródromo”, espaço público para cães, no município.
Na Tribuna, os vereadores destacaram a importância de se prevenir casos da doença na cidade e elogiaram medidas como a suspensão de eventos, viagens de servidores e agentes políticos, no caso da Prefeitura. E, no caso, da Câmara, de restringir o acesso do público a sede do Legislativo.
Uma superlotação do SUS, possível falta de leitos também foram destacados pelos vereadores, caso haja centenas de infectados no município. A prevenção é fundamental, pois os números da doença são assustadores, ressaltaram os vereadores.
“Precisamos evitar o contágio de todo mundo, de uma única vez, pensar no coletivo”, ressaltou o vereador Gilmar.
Além disso, o objetivo é evitar riscos para pessoas com histórico de outras doenças ou imunidade  baixa, que poderiam ficar expostas ao vírus, discursaram alguns parlamentares.
“Por mais que o vírus não seja letal, depende da idade e imunidade das pessoas, nós podemos estar transmitindo isso”, frisou Tonhão.
Os vereadores ainda parabenizaram a administração municipal pela criação do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus e pela suspensão das aulas da rede municipal de ensino, por 15 dias, a contar, de amanhã.
O líder do prefeito, na Câmara, vereador Realino, aproveitou para informar que os representantes do Comitê também solicitariam a suspensão das aulas, para alunos da rede pública.

 

 



 
05/03/2020 22:00
03/03/2020 14:20
03/03/2020 14:16
27/02/2020 10:00
21/02/2020 12:23